Grump



Escrito por orlandeli às 09h49
[ ] [ envie esta mensagem ]



Romeu e Julieta

Tenho feitos alguns cartazes para grupos de teatro, o último foi para uma adaptação (mais uma) da história de Romeu e Julieta, de Shakespeare. Não é a história clássica, é uma versão mais modernosa. O grupo que montou a peça é a Cia Fábrica de Sonhos, aqui de Rio Preto.
Segue um passo a passo meia boca mostrando mais ou menos como foi o processo de criação.
 
1 - A primeira etapa é a proposta, tanto conceitual como visual. Bom, todos conhecem a história. É um drama, cheio de elementos de amor e ódio... enfim. Tinha que escolher um caminho para a ilustra. Retratar o casal em primeiro plano no meu traço provavelmente não ficaria legal. Meu estilo puxa muito para o cômico, cartum... Com muito esforço conseguiria no máximo algo parecido com um desenho animado do Romeu e Julieta. Queria algo mais pesado, para contrabalancear com o traço caricato. Optei para dar ênfase na "briga das famílias". A idéia era deixar isso meio que subentendido no arco de pedra, faces de esculturas se confrontando, fazendo uma moldura em todo cartaz. Lá dentro, a silhueta do casal, iluminada pela luz dos vitrais.
No pé do cartaz as flores em primeiro plano, fazendo um contraponto com a imagem de ódio, reforçando a idéia de "amor e guerra".
 
 
 
 
2 - Idéia e esboço aprovados, passo para a parte braçal da coisa. Geralmente desenho direto no photoshop, sem esboço. Nesse caso, como tinha muita coisa, achei legal rebaixar a imagem e começar a traçar usando como referência. Mesmo assim muita coisa acabou mudando no decorrer da arte.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
3 - Faço as formas chapadas com a ferramenta "caneta", por isso fica com cara de vetor. Vou preenchendo os espaços e acertando a diagramação, sem me preocupar muito com os detalhes.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
4 - Quando vejo que está tudo no lugar certo, começo a trabalhar nos detalhes e volume do desenho.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
5 - Como a proposta é uma espécie de moldura, descaradamente dupliquei sem dó o lado esquerdo e apliquei espelhado no direito. Depois disso costumo fazer umas sombras individuais, para não ficar tão igual. Não resolve grande coisa mas minha consciência fica mais tranqüila.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
6 - Aqui já começo a trabalhar na cor. Como a imagem principal é tom sobre tom, vou desenhando as formas sem me preocupar se a arte já está na cor correta. Daí corrijo usando as curvas do photoshop. Nessa fase também tento ir chegando no sombreamento final.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
7 - Mais detalhes, fundo e a aplicação de uma textura de granito na moldura. Essa textura não é nenhum filtro photoshopado. É meio que "na unha", mesmo. Na verdade procuro uma imagem com a textura que acho satisfatória, dou um alto contraste até ficar somente os riscos da textura, separo o canal que aparece melhor esses riscos, faço a seleção desse canal e aplico na imagem aumentando a tonalidade com o "curvas".
Para ter uma idéia, é a mesma textura da ilustração do vaso quebrado que postei dia 28/04.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
8 - O desenho do Romeu e da Julieta, claro.
 
 
 
 
 
 
 
9 - A aplicação do Romeu e da Julieta no cartaz. Dãããããããã...
  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
10 - A arte final, já com as rosas e o título.


Escrito por orlandeli às 10h08
[ ] [ envie esta mensagem ]



Águas passadas



Escrito por orlandeli às 22h17
[ ] [ envie esta mensagem ]



[ ver mensagens anteriores ]
 



Histórico
Ver mensagens anteriores



Contato orlandeli@orlandeli.com.br Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis